História

Publicano e Fariseu

Viver uma vida que não seja vivida vale a pena? Viver uma vida mais ou menos vale a pena?  Eu estou vivendo? Ou apenas estou fingindo que estou vivendo? Afinal de contas, o que é a vida? Vida são os hábitos e costumes de alguém, a maneira de viver. Muitos hoje não vivem, certo? Por quê? Porque vivem na ilusão, porque vivem em outro mundo, será isso?  Será que o ser humano não está vivendo? O que eu tenho feito da minha vida? Ou o que eu estou fazendo dela? Estou vivendo ou estou apenas batendo cartão até chegar a minha hora de ir para outro mundo? E que mundo é esse, ele existe?  Existe vida após a morte? Quando eu morrer, para onde eu vou? Para aqueles que têm fé, sim há um bom lugar no “PARAÍSO”, segundo o rito cristão e a palavra de Deus, que chamamos de SAGRADA, ou seja, a BÍBLIA.  Estou vivendo a vida ou estou sendo um hipócrita? O que seria uma pessoa hipócrita?  

O que os hipócritas fazem? Gostam de ser vistos por todos? O hipócrita vive uma vida dupla, cheia  de mistérios e máscaras. Existe hipocrisia dentro da família? Pior que existe. Ah, que pena! Desculpe-me por dizer isso, mas tem que falar a verdade. Existe medíocre dentro da religião, existe e muito… Jesus de Nazaré já tocava no assunto há mais de dois mil anos atrás, sobre o fariseu e o publicano, sobre o justo e o injusto, correto e incorreto, certo e errado. O que seria este fariseu? O que ele gostava de fazer? Quais eram suas atitudes? Vou chutar rs. Acredito que ele gostava de aparecer, de ocupar sempre os primeiros lugares, vivia um vida dupla, usava máscara, mentia, se fazia de santo, era um “reizinho poderoso” que quer poder em suas mãos para, assim, ser senhor de si próprio. Nossa, tudo isso seria o fariseu. Sim, está vendo como uma pessoa que vive o farisaísmo não vive a vida e sim a ilusão? Isso nós chamamos de farisaísmo.

Quem seria o publicano? Uma pessoa humilde?  Uma pessoa que conhece a si mesmo? Olha só, hein, estou gostando de ver este publicano, já conhece um pouco de Filosofia, já está usando uma antiga e nova frase de Sócrates, o “Conhece-te a ti mesmo”.  Antiga porque foi antes de Cristo, ou seja, século V antes de Cristo. Nova, porque até hoje nós tocamos na grande questão da vida que seria o conhecer a nós mesmos. Preste bem atenção, uma frase tão antiga que é viva nos dias de hoje, porque muitos não se conhecem. Agora, podemos voltar a falar sobre o publicano, já mostrei para você a característica do fariseu, certo? Destaquei alguns pontos sobre o publicano. Mas o que isso tem a ver com a vida? Tudo, porque quero mostrar para você que quem vive na mentira, na ilusão, na hipocrisia não vive a vida e sim perde tempo. Quem mostrou esta realidade foi o próprio Jesus, mostrou quem de fato é o fariseu, o que ele faz, o que ele gosta, mas agora o principal: ele nos mostrou o outro lado da moeda, que seria o publicano, que este homem sim vive a vida e a aproveita, porque ele conhece a si mesmo e não vive na ilusão e sim na verdade, vive a vida reconhecendo suas fraquezas e suas misérias, mas vive a verdade. Enquanto o fariseu vive na mentira e na ilusão, então ele  não vive a vida e sim a ilusão. O que você e eu somos? Fariseus ou publicanos? Estamos vivendo como fariseu ou publicano? Pense bem, reflita, se questione, viva a vida e faça valer a pena.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar