Metafísica

Introdução ao Relativismo

Relativismo é a ideia de que algum elemento ou aspecto da experiência ou cultura é relativo (ou dependente ) de algum outro elemento ou aspecto. Portanto, como Aristóteles o expressou, as coisas são o que são apenas em relação a outras coisas, e nada é o que é simplesmente em virtude de si mesmo .

Não é uma única doutrina, mas uma família de pontos de vista cujo tema comum é que algum aspecto central da experiência, pensamento, avaliação ou mesmo realidade é de alguma forma relativo a outra coisa . Assim, assim como a Metafísica , o Relativismo é relevante para a Epistemologia , a Ética e até a Estética .

Protágoras e os outros sofistas , já no século V aC , são considerados os pais fundadores do relativismo no mundo ocidental, embora suas crenças sejam conhecidas principalmente por meio dos escritos de seus oponentes , Platão e Sócrates . O relativismo também foi discutido pelos primeiros filósofos hindus , jainistas e sikhs na Índia .

Relativismo MetafísicoDe volta ao topo

O relativismo metafísico é a posição de que os objetos , e a realidade em geral, só existem em relação a outros objetos e não têm significado isoladamente .

O relativismo metafísico pressupõe o realismo no sentido de que existem coisas objetivas reais no mundo que são relativas a outras coisas reais. A ideia de que não há realidade “lá fora” independente de nossas mentes é semelhante ao conceito de subjetivismo metafísico e oposta ao objetivismo .

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo